sexta-feira, 15 de novembro de 2013

A 2ª GUERRA DOS CONSOLES E A 1ª



A E3 de 2013 foi um evento singular mais precisamente histórico, para entender sua importância temos que ver como esta o mercado atualmente. De um lado a Microsoft com o X-BOX e PC enquanto que do outro a Sony com PS3/PSP junto com outras empresas que tentam ganhar terreno (saindo de seus públicos mais hipsters) com exceção da Nintendo que mantém uma tradição de fluxo próprio não ligando para o mercado confiando em seu consumidor fiel mais ou menos como a MAC.

 NINTENDO E SEU RITMO PROPRIO

Então temos duas gigantes e outras menores que investem em inovação, tudo ia bem ate uma delas querer tomar as rédeas do mercado e assustar o mundo com anúncios que soavam como a escravidão dos jogadores. Com todo mundo de cabelo em pé a Sony apostou firme em manter o padrão atual sem forçar a barra e ainda aproveitou a marcada da concorrente, a lição que ficou é que ganância cega e destrói mesmo quem se acha grande.



FATURA BILHÕES POR MÊS E ASSUSTA TODOS AUMENTANDO O PREÇO
 
Agora voltemos no tempo quando SEGA e NINTENDO talhavam o mundo com suas bandeiras, o mercado era estável mas o consumo era deveras pois os gamers não trabalhavam como hoje, os mascotes reinavam e a criançada se espancava no pátio da escola.



ARCADE O GRANDE COMEDOR DE MESADA

Agora que se passou uns meses do anuncio e o fim de algumas limitações a Microsoft tenta desfazer a própria merda, para ver quem vai vencer essa batalha observemos qual delas oferecera maior suporte tanto em serviços como em softhouses pois sem elas o console morre. Eu como old gamer vejo tanta gente se preocupando por isso, que nem parece ser só um aparelho para nossa diversão e sim uma nação...e nessa vou ficar neutro e seja o que Deus quiser e que os games continuem divertindo não estressando.
Esse foi um post aleatorio mas espero que pense em como as coisas eram mais simoples antes e que hoje quase tudo virou um negocio, triste mas verdadeiro.