segunda-feira, 16 de junho de 2014

GOSTO


 Hey hey manolos
 
Vamos falar sem rodeios aqui hoje, sendo assim ou você gosta ou não e isso não importa qual merda seja desde o filme mal dirigido ou aquela musica básica com 3 refrões repetidos da sua banda de forró.  O curioso é ver como nosso gosto evolui e como ele é afetado ela vida , maturidade e porque não sociedade.


FILMÃO?

Por exemplo quando crianças um jogo é o centro do universo
muito mais que a lição de casa, trabalho e em alguns casos ate sair com a família...


...
O que esta olhando velhote? As coisas mudaram desde a Guerra Fria!
Eu não sou obrigado a ir a igreja da vovó se eu não quiser.!

Quando eu era criança gostava de desenhos pelo simples fato de serem desenho e eu criança ora bolas, mas com o tempo ainda mantive o gosto pelos mesmos porem mais incrementados como animes, curtas ou 3ds. Imaginem minha alegria ao descobrir quando garoto o hentai...ahhhhhhhhhh bons tempos (coçando a barriga juro por Deus) ainda mais com a estreia dos clássicos da tv Manchete influenciando meus gostos futuros.

 
Vez ou outra na vida nos pegamos olhando o passado e mesmo com boas lembranças nem tudo é um Chaves, algumas coisas não terão o mesmo gosto por mais que suspenda minha descrença. Isso graças a Deus não se aplica em livros pois fui muito agraciado nesse sentido com Júlio Verne e outras ficções cientificas ricas em filosofia. 


Felizmente algumas mídias não sofrem com isso pois Mario sempre é o mesmo encanador bigodudo não importa o quanto tempo passe assim como outros jogos continuam atraente não perdendo o brilho para meu coração oldgamer.

Incrível como o gosto atua nas nossas vidas pois mesmo duas coisas distintas sofrendo impacto do tempo apenas algumas ainda se mantem mesmo possuindo méritos e qualidades igualmente elevadas nos seus campos de atuação, mas é inegável também o fato que ver com os meus olhos atuais algumas obras pode revelar facetas delas bastante distintas daquela que tive na infância.
 

Lembro me que durante uma época jogos de ação eram tudo fora isso tudo era chato, hoje a situação se inverteu e com suas historias os RPGS me fascinam mais com suas tramas dignas epopeias do que ver um personagem pulando buracos, não que não jogue  um jogo de ação mas com certeza entre os 2 o RPG vence.

Então o que pensar desse pequeno post minha gente? O gosto muda ou evolui? Pense nisso hoje antes de dormir pois amanhã o que do que afinal você gostara ou não?