quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

OS MORTOS QUE VIVEM EM MIM




Dia 16 de Dezembro de 2014, um dia comum para muitos porem com um significado especial para mim pois foi o dia a morte de minha amada cadelinha Cherry aos 15 anos de vida, companheirismo e fidelidade para comigo e minha família. Pra quem acompanha meu canal ela apareceu algumas vezes fazendo arruaças com minha filha, alias embora não sejamos das mesmas espécies considero que perdi mais do que uma filha um pedaço da minha alma.
Todos os dias ela vinha pronta a me consolar depois de um dia duro com meu ja finado filhote Bibo trazendo um olhar que parecia falar comigo de uma forma singela e carinhosa, conforme foi envelhecendo vi com orgulho ela obter certo timing como uma empregada que depois de muito tempo sabe quando deve ou não se meter nos assuntos da família.
Assim mais uma vez me deparo com a morte em minha vida tendo que  encarar uma serie de pensamentos e sentimentos que me jogaram na frente de um pc sem sono as duas da madruga, o pior é a sensação de impotência afinal vez ou outra vemos em filmes, quadrinhos e documentários historias de pessoas com dons extraordinários ou apenas muito dinheiro que conseguem lidar com muitos problemas de maneira diferente.


SIM EU QUERIA TER AQUI AGORA AS DRAGON BALLS DE NAMEKUSEI

Digitando aqui eu penso em como quando jovens não passa pela nossa cabeça quem vai viver ou não, perdi muita gente querida ao longo dos anos pra morte,  ate me orgulho de dizer que teve uma época que eu era praticamente um gato preto pois quem mexia comigo acabava morto por acidente (tipo sem nenhuma ação minha) ou alguma besteira que os levavam a falecer. Eu tenho a teoria de que como meu pai agiu como um puta dum bastardo sem coração e deixou e meu irmão sem pagar a pensão como deveria Deus me adotou e cuidava de me proteger.

...
 


Sonhar não custa nada, continuando e terminando estou passando por um dos piores momentos de minha vida e espero sinceramente poder rever meus filhotes e irmão algum dia não tão breve pois tenho muita coisa que ver e jogos pra zerar, quanto a você deixo uma duvida.

Cão vai pro céu? Bem eu creio que sim afinal eles possuem quando adultos a inteligência de uma criança de 6 anos então como Deus não deixa nenhum inocente pra trás acredito serem grandes as chances desde que eu não vire um boêmio sacana e pervertido...opa tarde demais.